Cuidar Mais

Revista virtual da ACG Home Care. Aqui você terá dicas de como manter sua vida com mais qualidade, saúde e bem estar!


Deixe um comentário

Raspar língua é maneira eficaz de dar adeus ao mau hálito

Os especialistas já deixaram bem claro: um dos segredos do combate ao mau hálito é a eliminação da saburra lingual, camada esbranquiçada cheia de bactérias e restos de alimentos que se acumulam em cima da língua. Para isso é necessário limpar a língua com a mesma frequência que se escova os dentes.

Segundo Alênio Calil Mathias, vice-presidente da SOBREHALI (Sociedade Brasileira de Estudos da Halitose) essa limpeza é bem 300_lingua130410simples. “O ideal é que a língua seja raspada com raspadores próprios e o conteúdo jogado fora na pia. Para usá-lo basta colocá-lo no fundo da língua e arrastá-lo até a ponta. Repita esse mesmo movimento por aproximadamente 20 vezes”, diz.

O especialista destaca, ainda, que esse procedimento deve ser feito todos os dias, todas as vezes que se escova os dentes. “A saburra deve ser removida diariamente, já que, em 90% dos casos, a origem do mau hálito é na boca. Com um raspador de língua você consegue remover cerca de 98% da saburra lingual”, afirma.

Limpar com a escova de dente não é a mesma coisa
Muitas pessoas costumam limpar a língua escovando-a ou usando a borda posterior da escova. Essa prática elimina um pouco a saburra, mas não remove toda a película de bactérias. “O raspador de língua é o método mais eficiente”, diz Alênio.

Embora a maioria das pessoas ignore a limpeza da língua, Alênio explica que o procedimento é uma complementação fundamental da higienização bucal e do combate à halitose. “Só escovar o dente e passar fio dental não é suficiente. Em todos os casos de mau hálito, verificamos a presença de uma camada em cima da língua composta por bactérias, resíduos alimentares e células mortas”.

Fonte: Terra

Anúncios


Deixe um comentário

Carnaval exige cuidados com a saúde.

Manaus-Amazonas-Amazonia-saude-feminina-ficar-durante-folia_ACRIMA20120213_0025_15O carnaval está se aproximando e nesse período, a maioria das pessoas só pensam em folia e muita diversão e se esquecem de alguns cuidados essenciais.

O tempo quente e o gasto de energia muito alto podem comprometer a sua saúde.

Veja agora as dicas importantes para quem quer aproveitar as festas sem preocupações.

Alimentos leves

Durante os quatro dias de folia do carnaval, o calor normalmente é muito intenso e com o verão atingindo temperaturas muito altas, os cuidados com a alimentação devem ser redobrados.
Durante este período a perda de líquidos e sais minerais é grande. Sendo assim, o consumo de água requer atenção. Mesmo durante o consumo de bebidas alcoólicas é importante que as pessoas bebam água, pois a cerveja, vodka, entre outras bebidas, não hidratam o nosso organismo.

Cerveja não é água

Ao contrário de hidratar, o consumo de bebidas alcoólicas estimula que o organismo expulse água do corpo pela urina, o álcool tem função diurética. A água participa de vários processos metabólicos como a manutenção da temperatura do corpo, funcionamento dos rins e intestinos, pois isso jamais pode ser esquecida.

Outras maneiras de repor a perda de líquidos durante a folia é ingerindo sucos naturais, água de coco e frutas ricas em água. Os refrigerantes não devem ser contados como reposição hídrica.

A alimentação deve ser leve e balanceada e o intervalo entre as refeições deve ser de no máximo 4 horas.

Fazer várias refeições por dia e utilizar com moderação açúcares, doces e gorduras, se alimentando, de preferência de carnes magras, cozidos e grelhados é muito importante.

Para curar a ressaca

Beber parece inevitável nessa época, e não tem problema se você não abre mão daquele drink ou cerveja. O importante é não se esquecer de ingerir água durante o consumo de álcool. Se abusar e a ressaca surgir, redobre a quantidade de líquidos e coma alimentos leves e muitas frutas.

Cuidados com os pés

Outro cuidado indispensável duras as festas de carnaval é com os pés. Pular, sambar e dançar são esforços que nem todas as pessoas estão acostumadas a realizar. E qual seria o sapato ideal para a folia?

Os melhores tipos de calçado para as mulheres são aqueles com plataforma na parte frontal. Por incrível que pareça, esses sapatos estabilizam o pé e tem um poder de amortecimento melhor do que das sandálias com salto alto comum.
As plataformas evitam o surgimento de lesões como calosidades, bolhas e burcites. A diferença de altura entre a parte da frente e de trás do sapato não deve exceder 4 centímetros.


Rasteirinha não

Os sapatos rasteiros costumam cansar mais a panturrilha e causam mais lesões no tendão de aquiles, é o caso das tendinites. Por isso, é preciso cuidado na hora de escolher sapatilhas e rasteirinhas.

Já nos casos dos tênis não há problema, tanto para homens como mulheres. Esse tipo de calçado já vem com sistema de amortecimento ideal para quem quer aproveitar a folia.

Agora é aproveitar o carnaval e se divertir de forma saudável.

E não esqueça, proteja-se!

Abraço,

Equipe ACG Home Care

Fonte: G1


Deixe um comentário

Você precisa só de meia hora por dia – três vezes por semana — para mudar o corpo, sabia? O número do manequim diminui em um mês.

Na vida, muitas vezes as soluções mais simples são as melhores para conseguir aquilo que a gente deseja. Quando o image0012assunto é atividade física, por exemplo: não há nada mais simples do que a caminhada. Nem por isso o exercício fica devendo a quem quer exterminar calorias, firmar o corpo, ganhar fôlego, melhorar o humor e a disposição, desestressar e reforçar a imunidade. Alguns estudos já mostraram que andar rápido pode trazer tantos benefícios quanto a corrida para prevenir pressão alta, diabetes e doenças do coração. Quer mais resultado? Acrescente velocidade ou intercale a caminhada com exercícios localizados, uma tendência nos treinos de cárdio e que trazemos para você aqui, nos planos criados por Alexandre Machado, idealizador da metodologia de treinamento de corrida Dpace. O pulo do gato dos programas é a mistura dos métodos de treino mais eficientes. “A variação é fundamental porque o organismo se adapta depressa aos estímulos recebidos e o exercício passa a fazer menos efeito. Se o corpo é desafiado constantemente, o condicionamento físico melhora a cada dia”, diz.

Mais desafio, menos gordura
Alternar os métodos significa também queimar muitas calorias. Trocando em miúdos, é hora de dizer adeus às gordurinhas localizadas. “Se seguir o plano de caminhada e cuidar da alimentação, depois de duas semanas, você vai notar a roupa mais larga”, fala Alexandre. “Ao final de um mês de treino, dá para perder até um número no manequim.” Vários estudos já mostraram que o treinamento intervalado mantém o corpo em atividade por até quatro vezes mais tempo do que o exercício contínuo. Por isso, vale muito a pena adotá-lo, principalmente em sessões curtas. Alexandre Machado montou as planilhas pensando em quanto tempo você tem disponível para se exercitar – meia hora ou uma hora por dia. O exercício pode ser na rua, no parque ou na academia. É só calçar o tênis e apertar o passo!

Combo derrete-gordura
Alexandre Machado explica cada um dos métodos que utilizou nos treinos a seguir.
Fartlek: você controla a variação de ritmo de acordo com sua condição física. “A tendência é que você passe a treinar com maior intensidade a cada sessão”, diz. O método é simples e indicado para quem está iniciando.

Intervalado Fixo: você alterna trechos curtos em intensidades diferentes: depois de aumentar a velocidade, recupera o fôlego diminuindo o ritmo ou fazendo exercícios localizados (descanso dinâmico).

Intervalado Progressivo: a diferença em relação ao intervalado fixo é que, após a recuperação, o novo trecho forte tem intensidade mais alta do que o anterior.

Contínuo Fixo: a mesma intensidade é mantida o tempo todo. Em treinos superiores a 15 minutos, o método é ótimo para desenvolver a resistência.

Ritmo confortável (RC): você consegue manter o tempo todo e dá para conversar sem ficar ofegante.
Ritmo moderado (RM): a respiração fica mais acelerada e você precisa fazer pausas na conversa para retomar o fôlego.

Ritmo forte (RF): você está bem ofegante e não dá para conversar sem parar, apenas dizer frases curtas.
Ritmo muito forte (RMF): é a maior intensidade possível para você e não dá mais para falar, pois toda a energia está concentrada no exercício.

Jogging (JOG): é uma corrida em baixa intensidade, que fica entre os ritmos moderado e forte da caminhada. A diferença é o padrãode movimento: os dois pés ficam fora do solo ao mesmo tempo. É um bom jeito de se iniciar na corrida.

 Treino 1: 30 minutos por dia

Você vai caminhar três vezes por semana, de preferência em dias alternados. Na segunda e na quarta semana, vai intercalar o estímulo aeróbico com séries de afundos e agachamentos. Cada sessão de caminhada gasta 200 calorias (semanas 1 e 2) e 250 (semanas 3 e 4).

 Treino 2: 60 minutos por dia

Se tiver mais tempo, sorte sua! Você também vai se exercitar três vezes por semana, em dias alternados, mas vai detonar mais calorias (400 nas semanas 1 e 2 e 500 nas duas últimas), pois o ritmo é mais intenso e mantido por mais tempo. Em um mês, pode exterminar até 6 mil calorias!

Por Olga Penteado
Revista Boa Forma


Deixe um comentário

Bolsa com solução medicamentosa agora é mais divertida.

Passar uma temporada no hospital nunca é agradável, especialmente para crianças que são facilmente intimidadas pelo ambiente médico.

Para ajudar as crianças a se sentirem mais à vontade durante a sua hospitalização, o desenhista Jung Hyun Min desenvolveu o “Halo Duck”, bolsa transparente para administração de medicações endovenosas que possui um pato que flutua sobre o líquido, visando entreter e alegrar as crianças que necessitam de tratamento.

1

O “Halo Duck” também serve a um propósito funcional, ele bloqueia o fluxo da saída do líquido logo que termina todo o fluído a ser administrado ao paciente, impedindo o refluxo de sangue.

3

4

Pelo que percebemos, nem só as crianças gostariam de receber uma visita divertida do “Halo Duck”.

Assista ao vídeo abaixo para saber mais sobre ele.

Por Dorothy Tan

http://www.yankodesign.com


Deixe um comentário

Ai, que dor nas costas!

Não é raro ouvirmos alguém reclamar de dor nas costas. Com a idade, esforço, movimentos incorretos além de outras doenças, pode-se causar esse transtorno que muitas vezes acaba com nosso dia.

Nossa coluna vertebral é composta por 33 ossos ou vértebras que sustentam o corpo, permitindo os movimentos e protegendo a medula, mas o mais importante é a maneira como a tratamos, ou deixamos de tratar. Carregar peso excessivo, postura incorreta e o desgaste que nosso organismo sofre com o tempo podem causar muito mal estar e dor. Alguns sinais de alerta para problemas de coluna são: dor persistente por mais de 3 semanas, piora da dor ao erguer o joelho ou ao girar a cintura, dor após traumatismo ou acidente, irradiação da dor para as pernas, dificuldade de controle urinário ou de evacuação e piora da dor ao deitar e levantar. É hora de procurar um médico.

A melhor forma de prevenção para as doenças da coluna são as atividades física e fisioterapêutica (RPG, pilates, hidroterapia, academia, fisioterapia e outros). A atividade pode ser de acordo com a preferência do paciente, mas deve o especialista em coluna identificar os pontos a serem trabalhados com ênfase.

Deixar a dor de lado ou usar medicamentos sem avaliação médica podem aumentar os problemas e levar até uma cirurgia invasiva. Por tanto, “não deixe para amanhã o que podes fazer hoje”, dê mais atenção ao seu corpo e evite problemas maiores.

 Por Mariah Rosa Pires

Jornalista e Diretora ACG Home Care


Deixe um comentário

Os benefícios do sexo para a saúde

Sem efeitos secundários ou contra-indicações, de fácil acesso, grátis e eficaz, o sexo revitaliza o corpo, alivia o stress, excita a mente e, como se não bastasse, é um dos meios mais eficazes na prevenção de muitas enfermidades e ainda um excelente exercício físico.

O orgasmo é uma das sensações mais íntimas e deliciosas para homens e mulheres e é muito mais do que sinal do sucesso de uma relação sexual. A cada dia, os cientistas descobrem novos efeitos desta reação orgânica que, além de melhorar as emoções, faz muito pela sua saúde. O orgasmo contribui para que homens e mulheres vivam com mais qualidade, “trata-se de um momento de prazer que reverbera por vários dias”, afirma o ginecologista Neucenir Gallani, da clínica SYMCO, em São Paulo.

Antes de mais nada, deve se ter a noção de que a relação sexual provoca uma reação em cadeia, que ativa todo o organismo, uma vez que é necessária uma preparação funcional, para que a penetração seja bem sucedida. Os órgãos sexuais sofrem alterações profundas, na forma e na função, e a excitação provoca reações vasculares, neurológicas, musculares e hormonais.

O prazer é apenas uma amostra dos benefícios do sexo. Além de retardar os efeitos de envelhecimento, a satisfação sexual ajuda na prevenção de doenças, pois atua no fortalecimento da musculatura do assoalho pélvico, abdominal, glúteos e membros inferiores, no alívio da obstrução nasal, contribui para a redução do risco de doença cardíaca, melhora o sono, aumenta a iminudade, libara a tensão funcionando assim como anti-stress.

Verdadeira revolução na medicina contemporânea, o sexo tem a particularidade de nos fazer sentir eternamente jovens e bonitos, uma vez que fortalecendo os vínculos, melhora também as relações sociais, adicionando anos a mais em nossas vidas.

Aproveite …

Por Mariah Rosa Pires

Jornalista e Diretora ACG Home Care


Deixe um comentário

Benefícios do banho de mar

Aposto que você já experimentou a sensação de relaxamento depois de um banho de mar, mas alguma vez você já pensou que benefícios de fato esse banho pode trazer à nossa saúde?

A água do mar tem muitos componentes que trazem relaxamento ao corpo, tiram dores e reenergizam. Não é à toa a crença de que um banho de mar pode “descarregar” energias negativas. Além das propriedades da água, a quebra das ondas no corpo promove uma drenagem linfática e ainda estimula a pele e a circulação.

A água marinha é composta por mais de 80 elementos químicos. Alivia principalmente as tensões musculares, graças à presença de sódio em sua composição — por isso é considerada energizante. A massagem que as ondas fazem no corpo estimula a circulação sanguínea periférica, e isso provoca aumento da oxigenação das células.

Graças à presença de cálcio, zinco, silício e magnésio, a água do mar é usada para tratar doenças como artrite, osteoporose e reumatismo. Já o sal marinho, rico em cloreto de sódio, potássio e magnésio, tem propriedades cicatrizantes e antissépticas.

Se você não pode desfrutar de um banho de mar, você pode simular um em casa. É uma técnica chamada Thalassoterapia que usa as propriedades do sal marinho e das algas para ativar a pele e deixá-la mais bonita e revitalizada.

O banho de sal, assim como o banho de mar simples, tem muitos efeitos sobre os músculos e o sistema nervoso, assim agindo para combater o stress, e aliviando tensões. O sódio auxilia na eliminação das toxinas do organismo e age como o brometo de um relaxante muscular natural, que faz com que seja benéfico para quem sofre de artrite.

Os sais podem alterar o equilíbrio osmótico da água, e o sulfato de magnésio pode ser absorvido através da pele, causando um efeito anti-inflamatório.

Após seu banho convencional, deixe um punhado de sal grosso escorrer do pescoço para baixo, embaixo da água da ducha. Na banheira coloque um punhado de sal grosso junto com os produtos para o banho. Pode-se também fazer um escalda-pés com sal grosso.

Outro efeito é o de eliminar a energia negativa que acumulamos no dia a dia, e talvez este seja o mais aplicado na utilização do sal grosso no banho. O banho mais eficaz para a energia do corpo continua sendo o simples banho de mar (mas esse nem sempre está ao alcance de todos).

Fonte: Beleza e Saúde